a Remax e a Crise…

A imprensa diz que a Remax poderá ter “empolado”o numero de imóveis com que deu inicio á sua campanha da Bolsa de Permutas.

Num comunicado interno da Remax em vesperas do lanlamento da campanha de permutas o Director Geral da Remax Portugal deu um puxão de orelhas aos seus franchisados acusando alguns deles de falta de “ambição” e de “capacidade de trabalho”.

“Estou preocupado por ver que tenho nesta rede um bom número de franchisados e vendedores com nenhuma ambição nem capacidade de trabalho.” – Manuel Alvarez

“Cada vez que um dos franchisados venha queixar-se da crise, pedir um atraso de pagamento, explicar que nesta crise é impossível recrutar, etc., olharei para a lista e encontrarei nela a resposta para a vossa queixa.” – Manuel Alvarez

Será que a culpa é dos Franchisados e da sua falta de empenho ou será que são mais reflexos da crise que atravessamos?

Lá dizia do ditado:

“Casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão”.

Anúncios

11 responses to “a Remax e a Crise…

  1. É com muita pena minha, pois sou angariador na Re/Max, que vejo ainda esta notícia divulgada de novo. Na verdade, convém esclarecer desde já o Sr Manuel Alvarez Salamanca, que não somos funcionários dele. Ele é Master franchiser, tem franchisados e os franchisados por sua vez têm angariadores agregados aos quais não pagam um euro sequer, pois são empresários em nome individual e portanto não recebem ordenados. O que os angariadores Re/Max fazem é pagar, e muito (cursos, cartões, placas, publicidade, deslocações, telemoveis, etc. etc.), recebendo depois comissões sobre as vendas ou arrendamentos. A qualquer altura a Re/Max pode expulsar um angariador ou um angariador pode abandonar a Re/Max, pois não há um contrato de trabalho, mas sim uma colaboração do género prestação de serviços. Convém também dizer que a maioria das agências Re/Max trabalha muito bem. Pagam uma fatia dos seus lucros muito grande à Re/Max Portugal (em redor dos 30% sobre a facturação), que é mais do que os próprios impostos cobram. Portanto toda a gente trabalha e muito para o Sr Manuel Alvarez ter o nível de vida que tem. Ninguém dá nada a ninguém e ele também não. É suposto ser uma sinergia, uma parceria e ele continua a assumir um papel de chefe, que não é de todo o papel que um master franchiser deve ter. Devia preocupar-se mais em que os seus funcionários (da Re/Max Portugal) esses sim assalariados em Sintra, trabalhassem mais e melhor em vez de lhe darem ideias muito pouco coerentes e rentaveis só para o fazer crer que está sempre na vanguarda. Não está. Continuamos a vender casas em Portugal como vendiamos há 30 anos e isso é, no mínimo, ridículo. Aplica-se à Re/Max e a todas as outras mediadoras. Igualzinho. Quanto às permutas, as pessoas deviam também ser informadas de que mais uma vez, como os Saldos Re/Max e outras iniciativas, a iniciativa da Bolsa de Permutas foi divulgada aos angariadores 15 dias antes de começar a ser publicitada. Para variar tudo em cima do joelho. 90% dos angariadores nem sabiam o que responder aos clientes: quanto vou pagar de IMT? quem paga o IMT? posso trocar devendo a casa ao banco e o empréstimo continua ou é um novo, mesmo que seja o mesmo valor? Milhentas perguntas a que os angariadores não sabiam responder. Portanto 15 dias antes divulgar uma coisa e gritar: agora vão lá fora e façam! não é concerteza coisa de gente com inteligência normal! Na Re/Max todas as iniciativas publicitárias são bombásticas e surpreendentes! A começar pelos próprios angariadores que apenas sabem de tudo sempre uns dias antes. Ficamos sempre tão surpreendidos quanto os clientes. A dificuldade está em que os clientes depois estão preparados para as surpresas, mas nós não estamos preparados para as explicar. O sistema Re/Max funciona bem porque vendemos mais que qualquer outra rede e isso para mim é inegável, pois já trabalhei na ERA, na Century21 e na Aguirre, mas tanto franchisados como angariadores estão a começar a ficar saturados deste tiranozinho que nem sequer percebe o esforço que todos estamos a fazer e nem sequer agradece o facto de mesmo em crise continuarmos a vender e a crescer.

    • Olá Ana,
      Sou um potencial novo angariador de uma agÊncia Remax e ando com todas as dúvidas que qualquer um de vós tinha no principio. Será que me podes ajudar? Tens aí o meu mail, podes-me dar o teu para podermos trocar impressôes? Gostava de saber a tua opinião sobre a profissao, beneficios, aspectos negativos, tipo de tatrefas diárias, ganhos, progressão como profissional etc…
      Obrigado
      Pedro Gomes
      pedrogoisgomes@gmail.com

    • Excelente post, boa observação!!!

  2. O post da Ana reflecte exactamente a realidade…a remax dá pouco dinheiro e é uma palhaçada…Quando o Senhor Alvarez decidir sacrificar um bocadinho os seus proprios bolsos, talvez aí se possa ganhar dinheiro a sério, é que assim, andamos desanimados de todo…

  3. Cristóvão Vieira

    Boas!

    A mim também me surgiu a oportunidade de me tornar angariador da Remax, numa agência que está neste momento para abrir.

    É de facto preocupante, para quem está disposto a arriscar, ouvir estes comentários.

    Portanto gostava de poder trocar mais impressões com vocês de modo a que possa tomar a decisão mais acertada possivel.

    O meu e.mail é – cristovao1977@hotmail.com

    Obrigado

  4. Estou estudando a possibilidade de colocar uma remax

  5. Estive a fazer as contas, corrijam-me se estiver errada.
    Os dados tirei dos posts publicitarios de Remax.
    A Remax tem cerca de 2000 angariadores neste momento.
    Faz cerca de 2 vendas por hora.
    Logo, em media, cada angariador faz uma venda de 3 em 3 meses?
    Tendo em conta que ha angariadores que fazem 10 vendas , 6, 4 e 3 por mes, entao ha angariadores que fazem uma venda por ano?

    Por acaso gostava que alguem me dissesse.
    E que estar a aliciar as pessoas para investirem o seu tempo, carro e etc, para depois ganharem 1200€ de 4 em 4 meses, parece-me muito grave.
    O meu mail : hidrogenio@sapo.pt

    (Passou-me pela cabeça poder candidatar-me a angariadora)

    Obrigada

  6. A meu ver, uma Empresa, seja ela qual for, que alicia as pessoas a trabalhar com ela com promessas de ganhos fabulosos, mas depois não investe no “parceiro”, só exige tempo, carro, gasolina, portagens, compra de material publicitário, etc. não é uma empresa séria. A venda de casas será o negócio principal, mas os angariadores, com o dinheiro que pagam mensalmente, são de certeza um dos negócios secundários de um franchisado. Abraço

  7. Tenho estado a ler os vossos comentários e fiquei de certo modo desiludida pois estava a pensar candidatar-me a angariadora, será que alguém que trabalhe ou tenha trabalhado para a Remax pode esclarecer algumas dúvidas, quais os benefícios, quais os aspectos negativos, ganhos, etc…o meu email é o: h_andra@hotmail.com
    Helena Freitas

  8. so os que trabalham em lisboa onde ha potenciais clientes de nota e que conseguem ganhar algum , o resto e preciso muito tempo e dinheiro investido para ganhar um bom ordenado Helena
    se procuramos trabalho nao e para investir o que no temos ;;;;;;;

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s