Novas Regras no Arrendamento: «empresas vão sofrer impacto financeiro profundo»

Jones Lang LaSalle divulga «Perspectives on Operating Leases»
Arrendamento: «empresas vão sofrer impacto profundo»

Figura do arrendamento tal como a conhecemos hoje desaparecerá, refere o documentoNo seu mais recente documento «Perspectives on Operating Leases», a Jones Lang LaSalle Corporate Finance destaca o impacto profundo que as alterações propostas para as regras contabilísticas no âmbito do arrendamento podem vir a ter nos ocupantes corporativos.

De acordo com estas propostas, «a figura do arrendamento tal como a conhecemos hoje desaparecerá e todos os contratos deverão ser considerados no balanço das empresas. Nenhum contrato será excluído, incluindo os assinados previamente às alterações. Com base nestas mudanças, a Jones Lang LaSalle estima que o peso da dívida de um quarto das empresas cotadas no índice FTSE possa mais do que duplicar», refere o documento.

As novas regras impõem que todos os imóveis alvo de arrendamento sejam incluídos no balanço, pressupondo-se que o direito de utilizar uma propriedade por um determinado período de tempo, ao abrigo de um contrato de arrendamento, seja considerado um activo da empresa e que o pagamento das rendas seja um passivo.

Para efeitos contabilísticos, o pagamento das rendas será dividido entre capital amortizado e juros (tal como num financiamento), para que o custo no balanço perdas/proveitos seja mais elevado nos primeiros anos do contrato de arrendamento.

O director da Jones Lang LaSalle Corporate Finance, Michael Evans, afirma: «se estas propostas forem efectivamente adoptadas, mudarão a forma como as empresas olham para as suas propriedades imobiliárias. Irão com certeza inflacionar os activos e os passivos, afectar as taxas de perdas/proveitos, impactar as medidas-chave de performance, incluindo os rácios de financiamento dos inquilinos, e mudar a forma como as empresas apresentam os seus relatórios financeiros».

Fonte: Agência Financeira

Conheça aqui o documento da JLL – Perspectives on Operating Leases

Nota: O International Accounting Standards Board (IASB) e o seu equivalente americano The Financial Accounting Standards Board (FASB) prepararam em conjunto um “discussion paper” em Março 2009 delineando alterações significativas nas regras do arrendamento. A emissão da norma final é esperada em 2011 com uma entrada em vigor possivelmente em 2012 ou 2013. Até Julho de 2009 está aberta a discussão publica do “discussion paper” emitido.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s