Tag Archives: ipd

Investimento Imobiliário português devolve retorno de 4,2% em 2010

O Investimento Imobiliário português devolveu em 2010 a melhor performance dos últimos três anos com um retorno total de 4.2% segundo o Índice Imobiliário Anual Português Imométrica/IPD.

A performance positiva observada durante 2010 veio interromper um período de dois anos com quebras no retorno do investimento em imobiliário mantendo-se contudo ainda bastante abaixo dos retornos de “2 dígitos” observados entre 2004 e 2007.

O retorno total de 4.2% continua a compreender um retorno negativo de -1.5% na componente de valorização de capital e uma participação da componente de rendimento (Rendas) de 5.8%.
Em 2008 e 2009 o valor decresceu -3.3% e -5.6% respectivamente. Esta quebra deveu-se essencialmente a uma quebra nas rendas -0.8%, enquanto as yields se comprimiram em 10 pontos base para valores médios na ordem dos 7.2%.

Retorno por sectores
O sector industrial registou o melhor retorno a nivel sectorial com 6.1% tendo sido o único sector a registar um valor positivo da componente de valorização de capital (0.7%).
Retalho e escritórios devolveram 3.9% e 3.5% respectivamente e ainda que a desvalorização da componente de capital tenha sido inferior à registada nos últimos dois anos, certo é que ambos continuam a registar performances negativas com -2.2% no sector de retalho e -1.6% no sector de escritórios.
Todos os sectores melhoraram a sua performance relativamente ao ultimo ano com o retalho a liderar com uma melhoria da performance total do sector de -2.8% em 2009 para 3.9% em 2010.

Para mais informação siga o link e consulte toda a informação no site do IPD.

Fonte: IPD

Indice IPD aponta retorno do Imobiliário Comercial Português de 0,0% em 2009

O investimento imobiliário comercial em Portugal teve um retorno nulo durante o ano de 2009, de acordo com o índice Imométrica/IPD, sendo o primeiro ano em que o sector não gera retornos totais anuais positivos.

Depois de quatro anos consecutivos a oferecer retornos acima dos 10%, o Investimento Imobiliário Comercial desceu para valores médios de 2.7% em 2008 tendo atingido em 2009 um retorno total de 0.0%. Esta queda resulta sobretudo da desvalorização dos activos que subiu de -3.3% em 2008 para -5.7% em 2009. Com efeito, o efeito de desvalorização de capital, em todos os sectores seguidos pelo índice, foi bastante sentido enquanto a componente de rendimento se manteve praticamente inalterada, com valores próximos dos 6%, em concordância com os três anos anteriores.

O sector do retalho foi o mais afectado tendo sido nesse sector que se registaram as maiores desvalorizações da componente de capital (-8.6%) resultando num retorno total deste sector de -2.9%. Com efeito, os sectores Industrial e de Escritórios observaram desvalorizações de capital menos significativas o que permitiu que obtivessem modo um retorno total positivo.

Para mais informação consulte o site do IPD e confira os resultados do Índice Imométrica/IPD para Portugal.